Encontro Nacional

Conheça os resumos dos trabalhos apresentados no III Encontro Internacional e X Encontro Nacional sobre o Bebê clicando aqui:  Resumos ABEBE

 

ABEBÊ Encontro 2015

Clique e confira a página do Encontro para mais informações e inscrições.

__________________________________

Conheça o programa e os resumos dos trabalhos apresentados no II Encontro Internacional e IX Encontro Nacional sobre o Bebê clicando aqui

Logotipo-Encontro-Sobre-o-Bebe

Convidamos à leitura do texto “Esperar é urgente”, de Eloisa Tavares de Lacerda, sobre o nosso último Encontro de Brasília. Para visualizar, clique aqui.

ENCONTROS NACIONAIS SOBRE O BEBÊ – O QUE SÃO?

sandra_guinle002

Desde sua fundação, em 2002, a Associação Brasileira de Estudos sobre o Bebê tem promovido os Encontros Nacionais sobre o Bebê (que começaram a acontecer a partir de 1999, culminando com a fundação da associação), atualmente com a freqüência bi-anual.  Os Encontros já realizados em Brasília, Recife, São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro têm se caracterizado como uma oportunidade de compartilhar as experiências, teorizações, novos campos de atuação, pesquisa e reflexão sobre o fascinante mundo da criança desde sua concepção até os 3 anos de idade. Os mais recentes colocaram em foco, entre outros, os temas da ética, dos cuidados no início da vida e das redes de atenção ao bebê.

São objetivos de tais Encontros:

  • Favorecer e propiciar trocas entre os profissionais das diversas áreas relacionadas aos primeiros anos da infância, em âmbito nacional e internacional;
  • Incentivar e divulgar trabalhos teóricos e práticos sobre a etapa da vida que vai da gestação até o terceiro ano da criança.

Uma das metas também é sistematizar e publicar os principais trabalhos apresentados em cada Encontro. Dessa forma, os seguintes livros foram publicados A Clinica com o Bebê, organizado por Cláudia Mascarenhas Fernandes (2000); Atendimento ao Bebê: uma abordagem interdisciplinar, organizado por Maria do Carmo Camarotti (2001); O Bebê e a Modernidade: abordagens teórico-clínicas, organizado por Leda M. Fisher Bernardino e Cláudia Mascarenhas Fernandes (2002); O bebê o corpo e a linguagem, organizado por Regina  Orth de Aragão (2004); A ética na atenção ao bebê. Psicanálise – Saúde – Educação, organizado por Rosely Gazire Melgaço, (2006) ;Cuidados no início da vida- Clínica, instituição, pesquisa e metapsicologia, organizado por Lou Muniz Atem (2008), todos editados pela Casa do Psicólogo, de São Paulo  e Nascimento: antes  e depois- Cuidados em Rede, organizado por Silvia Abu-Jamra Zornig e Regina Orth de Aragão editado pela Ed. Honoris-Causa em  2011. Publicou-se também com o tema Cuidados com bebês e crianças, o no. 200 da Pulsional Revista de Psicanálise, ano 22, n. 4, dez. de 2009, organizado por Regina Orth de Aragão e Silvia Abu-Jamra Zornig.

O último Encontro Nacional realizado, o VIII, oficializou a característica dos eventos promovidos pela ABEBÊ, que é a de contar com a participação efetiva e importante de colegas de outros países, e foi definido como o I Encontro Internacional Sobre o Bebê. Esse Encontro, que aconteceu em São Paulo entre os dias 12 e 15 de novembro de 2010, teve

543 inscritos – participantes provenientes de 5 países, 17 estados brasileiros e 87
cidades do Brasil, reunindo os diversos profissionais  envolvidos com a primeira infância, (pediatras, neonatologistas, psicólogos, pedagogos, psicanalistas, psiquiatras infantis,  fonoaudiólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, enfermeiros e educadores).

O tema geral desse Encontro foi “Do que Fala o Corpo do Bebê”, que se desdobrou em 4 eixos principais: 1. Do que fala o corpo do bebê; 2. Cuidar, assistir, educar; 3. Os processos de parentalidade; 4. Situações clínicas da primeira infância. O tema escolhido buscou sinalizar como o bebê fala ao mundo com seu corpo, necessitando uma interlocução cuidadosa, que reconheça suas formas de comunicação e possa responder a elas com cuidados, práticas e atenção direcionadas às suas necessidades.  Procurou-se organizar o I Encontro Internacional e VIII Encontro Nacional sobre o Bebê de forma que todos os interessados pudessem ter a oportunidade de apresentar e debater suas questões. Foi esse o propósito dos simpósios, onde convidados especialistas no tema introduziram a cada período de trabalho os eixos temáticos organizadores, seguindo-se as apresentações orais dispostas em painéis. As oficinas apresentaram as experiências de trabalhos significativas junto à primeira infância.  Além disso, criaram-se os espaços “rodas de conversa”, abertos ao publico em geral interessado em discutir e aprofundar os temas propostos e debatidos nos demais momentos do Encontro. Completaram a programação os tradicionais cursos que permitiram a atualização e aprofundamento em relação a temas significativos da área.

Todos os participantes puderam compartilhar sua prática e interesse na primeira infância centrando sua atenção nos encontros e desencontros entre o bebê e seu mundo e nas diferentes maneiras com as quais ele se comunica, de modo dinâmico e eloquente.  As avaliações realizadas entre os participantes confirmaram que o propósito do Encontro, de oferecer espaço e suporte para que seus participantes se recriassem, se enlaçassem, se fortalecessem na mesma dimensão em que os encontros humanos se inauguram e  se reinventam com a chegada de um bebê, foi plenamente alcançado.